Queremos que as investigações do Caso Marielle e Anderson sigam em frente sem interferências externas!
No último sábado, dia 10 de julho, as promotoras do Ministério Público que acompanhavam o Caso Marielle e Anderson desde o início pediram afastamento da força-tarefa de investigação.

O motivo da saída teria sido o incômodo das promotoras com possíveis interferências externas no caso.

Dias antes, ficamos sabendo que o delegado da Polícia Civil que acompanha as investigações foi substituído pela quarta vez.

É inaceitável que sejamos surpreendidas com notícias como essas depois de 3 anos e 4 meses sem respostas.

Por isso precisamos de ajuda para lotar a caixa de mensagens das autoridades, colocando mais pressão, exigindo um posicionamento e a renovação do compromisso com a elucidação do caso!

Envie seu email de pressão ao Governador e ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para que respondam nossos questionamentos;

Não vamos aceitar que as investigações tenham interferências externas, queremos saber quem mandou matar Marielle e o porquê!




A luta por justiça por Marielle transborda fronteiras, somos muitas e estamos espalhadas em milhares de cidades e dezenas de países.

Precisamos mostrar que seguimos firmes cobrando respostas para essas perguntas.

Imprima o cartaz (ou faça o seu próprio) e tire uma foto com ele na sua casa ou na sua cidade, depois poste nas redes com a Hashtag #InterferênciaNão.

Clique no botão abaixo para cadastrar sua ação no nosso mapa e mostrar que estamos espalhadas no mundo inteiro!




Quem constrói essa mobilização?





O Comitê Justiça por Marielle e Anderson é uma articulação permanente e coletiva, construída pelas famílias de Marielle e Anderson, pelo Instituto Marielle Franco, a mandata da Vereadora Mônica Benício, a Anistia Internacional Brasil, a Terra de Direitos, a Justiça Global e a Coalizão Negra por Direitos.

Instituto Marielle Franco



















Apoie essa mobilização!
Faz parte de alguma organização, movimento ou coletivo que quer apoiar essa campanha e/ou o comitê?